Tamanho das Fontes:

voltar

11/10/2017 - Jovem que atirou três vezes na ex já tentou matar o próprio pai em SP


Segundo a Polícia Civil, suspeito também tem passagens por roubo. Ele está foragido.

Valdeci Pupo, de 20 anos, apontado como o autor da tentativa de homicídio contra a ex-namorada, já havia atentado contra a vida do próprio pai. As informações são da Polícia Civil em Pedro de Toledo, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, onde os crimes ocorreram. O paradeiro do suspeito ainda é desconhecido.

Na noite de segunda-feira (9), Pupo atirou três vezes contra a ex, identificada como Karine dos Santos, também de 20 anos. Ela foi surpreendida enquanto caminhava com familiares em uma rua da cidade. O suspeito estava escondido na mata e, assim que a identificou, realizou os disparos.

Pupo foi reconhecido pelos parentes da vítima que estavam com ela no momento do crime. Em seguida, ele fugiu. Karine foi levada ao Pronto-Socorro da cidade, onde permanece internada desde então com quadro de saúde estável. A jovem foi atingida em um braço, no tórax e também na virilha.

O caso é apurado pela equipe de investigação da Delegacia Sede de Pedro de Toledo. Na terça-feira (10), as testemunhas do crime começaram a ser ouvidas, para que a autoridade policial pudesse decidir solicitar a prisão do suspeito à Justiça. Ele foi procurado pelos policiais na cidade, mas não foi achado.

Ainda conforme a polícia, Pupo atirou contra o próprio pai em 2015, após uma discussão dentro de casa. Na época, ele foi denunciado na delegacia pelas irmãs, que afirmam que tratou-se de uma tentativa de homicídio. O pai, entretanto, optou por não dar andamento ao caso, ao falar que o disparo foi "acidental".

Segundo informações da Polícia Civil, Valdeci vivia em Pedro de Toledo com a família, mas praticava crimes em outras cidades da região do Vale do Ribeira, como Miracatu e Juquiá.

O caso

O crime ocorreu na Rua Ribeirão Luiz II, no bairro Vila Sorocabana. Karine encontrou o suspeito enquanto caminhava com a mãe, a avó e as duas irmãs, de 6 e 10 anos. Todas presenciaram a tentativa de homicídio. De acordo com a mãe da vítima, que prefere não ser identificada, a filha já havia sido espancada várias vezes pelo ex.

"Ele estava escondido no matagal. Apareceu do nada e abordou a Karine. Em seguida, pegou ela pelo braço e disse que precisava conversar. A minha filha disse que não tinha o que falar e, por isso, ele sacou o revólver e disparou três vezes", revela. Ela foi socorrida e submetida a uma cirurgia no hospital.

Ainda de acordo com a mãe, Karine e o suspeito mantinham um relacionamento desde os 14 anos, e tinham se mudado para Itanhaém, no litoral paulista, onde ele havia iniciado em um novo emprego. Há 15 dias, entretanto, a vítima terminou o namoro e voltou para a casa da mãe, em Pedro de Toledo. O rapaz não se conformava com o término.

“Eu sempre fui contra o relacionamento. Era uma loucura. Eu sabia que ele era uma pessoa má. Uma vez, ele bateu nela e a deixou com o olho roxo. Ele tinha ciúmes, e ela aguentava calada. Dessa vez, ela falou que não dava mais certo, não gostava mais dele. Eu conversava e ela não obedecia”, lamenta a mãe da jovem.

Fonte: G1SP.

Compartilhe |     



voltar
REDE SOCIAL
twitter youtube facebook
PARCEIROS
artseg qualicorp martineli rpmed

zurich
ADPESP - SEDE SP    •     PABX (11) 3367-3722     •     FAX (11) 3222-3012   •    AV.IPIRANGA, 919   9º - 10º - 11º ANDARES    •    CEP 01039-902                           Todos os direitos reservados 2014 ©
Parceiros Universo das Vitaminas Petronet