Tamanho das Fontes:

voltar

11/10/2017 - Leia os destaques dos jornais desta quarta-feira


Senado aprova projeto que dá mais poder a delegados na Maria da Penha

O Senado aprovou nesta terça-feira (10) um projeto que altera a lei Maria da Penha e traz uma série de especificações sobre atendimento à mulher vítima de violência doméstica.

O texto depende agora da sanção do presidente Michel Temer para entrar em vigor.

Um dos principais pontos de mudança na lei é que a partir de agora, medidas protetivas de urgência podem ser concedidas pelo delegado de polícia. Pela legislação em vigor atualmente, essa era uma atribuição do juiz.
 

Quatro em cada mil adolescentes serão mortos antes de atingir os 19 anos

 No Brasil, a cada mil adolescentes de 12 anos, 3,65 serão assassinados antes mesmo de completar os 19.

É o que aponta o IHA (Índice de Homicídios na Adolescência), métrica elaborada pelo Unicef, o Observatório de Favelas e a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, do governo federal.

 A medição é feita com dados de 2014, os últimos disponíveis, e considera apenas as 300 cidades do país com mais de 100 mil habitantes.

Isso significa que, se o panorama continuar o mesmo, serão 43 mil adolescentes mortos entre 2015 e 2021. É o maior índice desde o início da série histórica, iniciada em 2005, que teve IHA 2,8.

"Não há nada mais grave que a morte violenta dessa camada da população, em termos de custo societário. A gente perde muitos anos de vida, de produtividade, e há um dano muito grande não só aos adolescentes, mas às pessoas do seu entorno", explica o sociólogo Ignácio Cano, membro do Laboratório de Análise da Violência da Uerj.
 

Passageira e criminoso são baleados em tentativa de assalto a ônibus na zona sul de SP

Um passageiro do ônibus carregava uma arma e reagiu, atingindo mulher e um dos criminosos

Uma passageira e um criminoso ficaram feridos durante uma tentativa de assalto a um ônibus na Avenida Interlagos, na zona sul de São Paulo, na noite desta terça-feira, 10. Eles foram baleados por um passageiro que carregava uma arma e reagiu à abordagem dos bandidos, conforme a Polícia Militar. O assaltante foi ferido no tórax e internado em estado grave no Hospital do Grajaú. A passageira foi atingida na perna e passa bem.

O coletivo passava pela Avenida Interlagos, por volta das 22h30, quando o bando de quatro criminosos - três homens e uma mulher - entrou para tentar roubar dinheiro e pertences dos passageiros. Eles anunciaram o assalto e o homem armado começou a atirar, disseram as testemunhas à PM.

A polícia não soube informar quem é o passageiro que reagiu ao assalto e se ele chegou a ser detido para prestar esclarecimentos. O criminoso baleado é mantido sob custódia policial e a mulher do bando foi presa. Os outros dois assaltantes conseguiram fugir. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.
 

Mulher é atacada por falso policial nos Jardins

Vítima ficou três horas em poder do criminoso, que a fez sacar R$ 3 mil; abordagem foi na Rua Augusta

A Polícia Civil procura um homem suspeito de ter se passado por um policial federal para sequestrar e estuprar uma mulher. A vítima foi rendida na saída de um supermercado na Rua Augusta, nos Jardins, região central de São Paulo. O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher. Especialistas alertam para a diversidade de golpes e dão dicas para facilitar a identificação de agentes.

A mulher foi rendida dentro do carro. Ela atravessou a via com o automóvel quando cruzou com o criminoso. O homem estava esperando o carro sair do estacionamento e, do meio da rua, encostou o falso distintivo no vidro do carro. A vítima, então, abriu o vidro do automóvel. O caso ocorreu na última sexta-feira.

“Ele se passou por um policial federal. Ela teria andado por três horas no carro. O cidadão a teria estuprado e ainda a fez tirar R$ 3 mil no caixa eletrônico”, disse o delegado seccional do Centro, Marco Antonio de Paula Santos.  
 

Mais um homem é preso suspeito de abuso em ônibus

Um homem de 43 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de uma passageira dentro de um ônibus, ontem de manhã, na alameda Glete, nos Campos Elíseos, na Santa Cecília (região central).

De acordo com a Polícia Civil, a vítima, uma cozinheira de 22 anos, estava em um ônibus sentido Terminal Princesa Isabel. Ela contou que estava sentada no banco do corredor do coletivo quando Alecsandro Lopes da Silva se aproximou e ficou em pé próximo dela.

Segundo a polícia, a vítima disse em depoimento que Silva passou a mão em uma de suas pernas.

Compartilhe |     



voltar
REDE SOCIAL
twitter youtube facebook
PARCEIROS
artseg qualicorp martineli rpmed

zurich
ADPESP - SEDE SP    •     PABX (11) 3367-3722     •     FAX (11) 3222-3012   •    AV.IPIRANGA, 919   9º - 10º - 11º ANDARES    •    CEP 01039-902                           Todos os direitos reservados 2014 ©
Parceiros Universo das Vitaminas Petronet